Calibração RBC em Balanças

A calibração RBC em balanças é um serviço de comparação direta com Peso Padrão, realizado em 6 pontos ao longo da faixa de medição ou em outros 6 pontos pré-estabelecidos. Tem a finalidade de determinar a incerteza de medição associada a cada ponto calibrado e atende às exigências das principais normas da qualidade e organismos reguladores como ISO 9001, ISO 17025, QS 9000, TS 16949, Anvisa e outros. Após o serviço, é emitido um certificado de calibração RBC que contém:

  • Valores de antes e após o ajuste (somente ajuste externo ou via teclado);
  • Indicação dos erros de excentricidade (quando aplicável);
  • Indicação da repetitividade da pesagem;
  • Valor da incerteza associada ponto a ponto;
  • Condições de instalação da balança;
  • Condições ambientais;
  • Dados do cliente e características da balança ensaiada.

Junto com o certificado, é enviado uma etiqueta de serviço de calibração acreditado contendo: data da calibração, validade e número do certificado.

Qual a importância de realizar a calibração de balanças?

Este procedimento é essencial para obter confiabilidade metrológica dos resultados apresentados pelas balanças. A calibração da balança programada com certa periodicidade aumenta esta confiabilidade na pesagem e no processo onde ela é utilizada. Desprezar esta atividade pode implicar em erros no processo e multas pelos órgãos fiscalizadores. Consequentemente, perdas financeiras.

Quais são os prejuízos causados pela falta ou má calibração das balanças?

Imagine chegar em uma farmácia e comprar um remédio cuja descrição diz 5 mg – e depois descobrir que na verdade o remédio só tinha 3 mg. Com certeza, você não vai gostar nem um pouco, pois o efeito disso pode trazer prejuízos à sua saúde. Da mesma forma que você pode ter prejuízos graves, a indústria farmacêutica neste exemplo, também pode sofrer por esse erro.

Vamos ver a seguir alguns problemas que uma indústria pode enfrentar por não acompanhar de perto a calibração de suas balanças:

  1. Multas e interdições pelos órgãos fiscalizadores;
  2. Desperdícios de materiais;
  3. Divergência de estoque;
  4. Aumento do risco com acidentes;
  5. Perda da qualidade dos produtos;
  6. Paradas para ajuste não programadas;
  7. Retrabalhos;
  8. Não conformidades em auditorias;
  9. Redução da competitividade no mercado;
  10. Redução da credibilidade frente aos fornecedores e consumidores.

Portanto, a calibração de balanças é indispensável para qualquer empresa garantir ótimos resultados, tanto nos procedimentos, quanto nos produtos produzidos.